Representantes do Metrô conversam sobre criação de corredor verde na avenida Cruzeiro do Sul

A revitalização do canteiro central da avenida Cruzeiro do Sul e local por onde passa a linha azul do Metrô, na Zona Norte de São Paulo, foi debatida na última quarta-feira (24) em reunião entre o presidente do Metrô, Peter Walker, o diretor de Operações, Mário Fioratti, o presidente da Câmara dos Vereadores, José Police Neto, e o Conselheiro do conselheiro do Cades Santana-Tucuruvi e membro do Movimento Santana VIVA, Jorge Ifraim.

Na imagem presidente da Câmara de Vereadores, José Police Neto, presidente do Metrô, Peter Walker, diretor de Operações do Metrô, Mário Fioratti, e o Conselheiro do conselheiro do Cades Santana-Tucuruvi e membro do Movimento Santana VIVA, Jorge Ifraim / Crédito: AI vereador Police Neto

Na imagem presidente da Câmara de Vereadores, José Police Neto, presidente do Metrô, Peter Walker, diretor de Operações do Metrô, Mário Fioratti, e o Conselheiro do conselheiro do Cades Santana-Tucuruvi e membro do Movimento Santana VIVA, Jorge Ifraim / Crédito: AI vereador Police Neto

A área foi alvo recente de instalação de grades para evitar que moradores de rua ocupassem o local. A principal razão, segundo o Metrô, é que as fogueiras realizadas na base das pilastras de sustentação dos trilhos podem comprometer as estruturas e danificar os trilhos. Após intensa mobilização do Movimento Santana VIVA, comerciantes locais e moradores, a instalação foi interrompida e as grades que haviam sido colocadas foram retiradas.

Na reunião foi definida a criação de um grupo para discutir alternativas de novos modelos de ocupação da área formado por Metrô, Prefeitura e sociedade civil. O Movimento Santana VIVA possui um projeto de revitalização por meio de um corredor verde, do extremo Norte da avenida Cruzeiro do Sul até o término da via no cruzamento com a avenida do Estado. São quase 20 mil m² de área subutilizada hoje e que pode ser transformada para lazer (playground e equipamentos de ginástica), passeio (calçadas reformadas) e transporte (ciclovia). No local está instalado o Muse de Arte Urbana a Céu Aberto (MAAU) com grafites de artistas da Zona Norte.

Modelo do Corredor Verde proposta pelo Movimento Santana VIVA / Crédito: Divulgação Movimento Santana VIVA

Modelo do Corredor Verde proposta pelo Movimento Santana VIVA / Crédito: Divulgação Movimento Santana VIVA

Segundo informações de Ifraim, o Metrô já se disponibilizou a auxiliar no processo de recuperação da área, com instalação de bicicletários e iluminação. Será realizado um estudo preliminar junto com a sociedade civil para sugerir alternativas de ocupação. Uma ideia é utilizar modelo semelhante ao que foi implantando nos arredores da estação Tamanduateí do Metrô, na Zona Sul.

Um dos pontos levantados por Ifraim na reunião foi a necessidade de investimento em segurança. A sugestão apresentada pelo presidente da Câmara, Police Neto, foi a instalação de uma base da Guarda Civil Metropolitana e o patrulhamento por guardas utilizando bicicletas.

A reportagem do Bike Pedal e Cia tem acompanhado a questão de perto e acredita que o projeto tem grande potencial para sair do papel.

Fonte:BikePedaleCia
Continue lendo em:
Representantes do Metrô conversam sobre criação de corredor verde na avenida Cruzeiro do Sul

Deixe seu comentário