Curitiba inaugura sistema de empréstimo de bicicletas

Desde o início do mês Curitiba passou a ter um sistema de empréstimo de bicicletas similar ao já utilizado em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. O projeto de compartilhamento de bicicletas funcionará, inicialmente, em dois bicicletários da cidade de maneira integrada, o do Centro Cívico e do Jardim Botânico, ao lado do Velódromo. Uma terceira estação está programada para ser inaugurada em breve no Parque São Lourenço.

Outras três estações serão licitadas pela URBS (Urbanização de Curitiba S/A), empresa de economia mista que controla o sistema de transporte público da capital paranaense e responsável pela administração do sistema. Os novos pontos de empréstimo de bicicleta serão instalados na avenida Presidente Arthur Bernardes e nas ruas da cidadania do Carmo e do Pinheirinho.

Modelo de bicicleta adotado por Curitiba.

Modelo de bicicleta adotado por Curitiba / Crédito: Divulgação

Como funciona
Para utilizar o serviço, o usuário pagará R$ 15 pelo cadastro, mais R$ 5 por hora de uso. É preciso também fazer um depósito caução de R$ 500, no cartão de crédito, equivalente ao valor da bicicleta. Ao devolvê-la, esta quantia é estornada.

Inicialmente, 21 bicicletas poderão ser alugadas no Centro Cívico e no Jardim Botânico. O serviço funcionará diariamente das 10h às 18 horas, incluindo sábados, domingos e feriados.

As bicicletas foram desenhadas especialmente para o projeto e possuem um sistema de rastreamento por georreferenciamento, que previne o furto ou extravio.

O prefeito Gustavo Fruet, que foi pedalando à posse dia 1º de janeiro, aprovou o projeto em sua primeira pedalada com a bicicleta.

Prefeito Gustavo Fruet inaugurando o sistema de compartilhamento de bicicletas

Prefeito Gustavo Fruet inaugurando o sistema de compartilhamento de bicicletas / Crédito: Prefeitura de Curitiba

Fonte:BikePedaleCia
Continue lendo em:
Curitiba inaugura sistema de empréstimo de bicicletas

Deixe seu comentário